Cientistas portugueses andam por 84 países, Reino Unido lidera e mulheres também

Os cientistas portugueses no estrangeiro espalham-se por 84 países, sendo que o "cientista tipo" será uma mulher investigadora doutorada da área das Ciências Naturais, de 36 anos, que passa 38 meses no Reino Unido.

O "retrato robot" é feito juntando as médias e os números mais relevantes de um estudo que junta cientistas agrupados numa plataforma na internet, que é hoje apresentado e a cujos dados a Lusa teve acesso.

Os dados são sobre quem são, onde estão e o que fazem os cientistas portugueses no mundo e são hoje conhecidos numa conferência sobre "Ciência Portuguesa pelo Mundo", no âmbito do primeiro ano da rede GPS (Global Portuguese Scientists), uma plataforma digital que junta cientistas, especialmente na diáspora, criada por iniciativa da Fundação Francisco Manuel dos Santos.

mais...


Greve/professores: Docentes de Ensino do Português no Estrangeiro aderem à greve

Teresa Soares - Sindicado dos Professores nas Comunidades Lusíadas
Teresa Soares - Sindicado dos Professores nas Comunidades Lusíadas

Os professores do Ensino do Português no Estrangeiro (EPE) vão aderir à greve dos professores, na quarta-feira, convocada por várias federações de sindicatos em Portugal, anunciou hoje o Sindicado dos Professores nas Comunidades Lusíadas (SPCL), em comunicado.

“No próximo dia 15 de novembro os professores do EPE no âmbito da Europa estarão em greve para demonstrar a sua indignação relativamente à decisão do Governo de ignorar deliberadamente quase dez anos de carreira docente (…)”, lê-se na nota do SPCL.

O sindicato referiu que esta decisão do Governo “tornará praticamente nulo o descongelamento de carreira prometido e concedido a todos os outros funcionários da Administração Pública, excetuando os professores, que se vêm tratados como inferiores, sendo alvo de um ato de discriminação negativa inaceitável”.

mais...


Conselho das Comunidades Portuguesas terá

A verba governamental destinada ao Conselho das Comunidade Portuguesas (CCP) irá receber um reforço para o ano de 2018, anunciou hoje o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro.

“O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, assumiu este compromisso. Para o ano de 2018 vamos ter um reforço dos meios financeiros destinados ao CCP”, afirmou à agência Lusa o secretário de Estado das Comunidades.

José Luís Carneiro disse que este é “um reforço com algum significado no conjunto deste valor (100 mil euros, atual orçamento do CCP)”, mas escusou-se a avançar a verba, justificando que está a decorrer a discussão do Orçamento do Estado no parlamento.

O ministro dos Negócios Estrangeiros vai ao parlamento esta semana no âmbito do debate do Orçamento do Estado de 2018.

Ler desenvolvimento na próxima edição


Portugal tem maiores remessas de emigrantes da UE - Eurostat

 

Portugal, com um total de 3.343 milhões de euros, tem o maior saldo entre os Estados-membros da União Europeia (UE) de verbas provenientes de pessoas residentes fora do país, divulga o Eurostat.

Num total de 24.064 milhões de fluxos de emigrantes na UE, Portugal tem a maior ‘fatia’ (3.343), seguindo-se a Polónia (3.014), o Reino Unido (2.454) e a Roménia (2.449 mil milhões de euros), segundo dados de 2016.

Ler desenvolvimento na próxima edição


Novo presidente do Camões pede envolvimento de vários ministérios nas competências do instituto

O novo presidente do instituto Camões, Luís Faro Ramos, exortou

"todo o Ministério dos Negócios Estrangeiros" bem como vários outros ministérios a assumirem "como centrais" as áreas da cultura e língua portuguesa e da cooperação.

"Se considerarmos que os temas que ocupam o Camões são centrais no contexto da política externa de Portugal, então assim devem ser assumidos por todo o universo do Ministério dos Negócios Estrangeiros, bem como nas respetivas áreas de responsabilidade, por outros ministérios relevantes para essa política externa, desde logo os chamados ministérios de soberania, Defesa, Administração Interna e Justiça, mas também outros, como Cultura, Economia, Educação, Ciência e Tecnologia ou Ensino Superior", sustentou Luís Faro Ramos.

mais...


“A Menina do Mar”, de Sophia de Mello Breyner Andresen, com edição inédita em alemão

O conto “A Menina do Mar”, de Sophia de Mello Breyner Andresen, foi traduzido para alemão por Isabel Remer e foi publicado este mês numa edição bilingue pela Oxalá Editora.

O autor da capa é o pintor alemão Tobias Killguss.

“O livro vai ser lançado oficialmente em meados de novembro. É a primeira vez que o célebre conto da escritora portuguesa é traduzido para a língua alemã”, afirma a editora Oxalá, em comunicado enviado à agência Lusa.

“A Menina do Mar” é “um dos contos infantis mais conhecidos da escritora". "Há muitos anos que os alunos portugueses o leem na escola” afirma a editora, recordando que a obra faz parte da lista do Plano Nacional de Leitura.

mais...



Incêndios: Casal de lusodescendentes percorreu 1.570 quilómetros com bens para vítimas

Foto: Lusojornal, cortesia
Foto: Lusojornal, cortesia

Um casal de lusodescendentes residentes na região de Paris conduziu, ao longo de 1.570 quilómetros, uma carrinha carregada de roupa, mantas, calçado, brinquedos e bicicletas dos filhos para entregarem às vítimas dos fogos no concelho de Seia.

Georges Ferreira e Mélanie Alves, que moram na cidade de Chambly, a cerca de 60 quilómetros a norte de Paris, tiraram uma semana de "férias forçadas" para irem ajudar a sua terra a bordo de uma carrinha com um cartaz em que se lê "Solidarité Incendie -France Portugal - Solidariedade Incêndio".

"Nós, emigrantes lá fora, estamos sempre perto do nosso povo aqui em Portugal. Ouvimos falar dos incêndios na minha terra. Começámos a falar há uma semana com uns amigos, pusemos um anúncio no Facebook, as pessoas começaram a doar muita roupa, calçado. Na quinta-feira andámos na recolha e viemos na sexta para baixo", explicou Georges Ferreira à Lusa.

mais


PSD questiona Governo sobre agravamento das dificuldades de atendimento em consulados

Os deputados do PSD questionaram hoje o Governo sobre o agravamento das dificuldades de atendimento em muitos consulados e pretendem saber quais as medidas que serão tomadas para resolver esta questão que afeta sobretudo a diáspora portuguesa.

Numa pergunta enviada ao Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, os deputados do PSD eleitos pelo círculo da Emigração – José Cesário, Carlos Gonçalves e Carlos Páscoa Gonçalves - alertaram que nos últimos meses tornou-se evidente “o agravamento das dificuldades de atendimento em grande parte dos postos da rede consular portuguesa um pouco por todo o mundo”.

mais...


Publicidade
Publicidade

MNE: Portugueses mostram como é possível boa integração sem violar identidade dos migrantes

Foto:PP
Foto:PP

O ministro dos Negócios Estrangeiros deu hoje o exemplo da facilidade de integração dos emigrantes portugueses para defender que é possível, em Portugal, acolher migrantes “sem que a sua identidade seja violada”.

As comunidades portugueses são “bem integradas e não tiveram de sacrificar nenhum elemento da sua identidade originária”, disse hoje Augusto Santos Silva, intervindo numa conferência de dois dias sobre migrações e relações interculturais, organizada pela Universidade Aberta.

mais...


Romance “A noite não é eterna” de Ana Cristina Silva vence Prémio Fernando Namora

O romance “A noite não é eterna”, de Ana Cristina Silva, venceu por unanimidade o Prémio Literário Fernando Namora, com o valor pecuniário de 15 mil euros, anunciou hoje a Estoril-Sol.

Em ata, à qual a agência Lusa teve acesso, o júri salienta que o décimo romance de Ana Cristina Silva trata-se de “uma obra que se articula a partir da realidade social, política e humana das crianças romenas, e das suas famílias, no período da ditadura de Nicolae Ceausescu”, na Roménia.

O júri realça que o romance é “uma belíssima composição narrativa com linguagem sóbria e cuidada, que valoriza em particular a narrativa de um drama pungente, num quadro político sufocante e obsessivo”.

“É uma história construída sobre os labirintos da tirania”, remata.

mais...


Dias negros, noites sinistras. As palavras já estão gastas.

As fotos são da Lusa.


Quando dei boleia a José Sócrates

Sob a espada

Foto: Miguel Szymanski / PP
Foto: Miguel Szymanski / PP

Separa-se o poder do homem político, poder para um lado, homem para o outro, e sobra muito pouco. A história está cheia de napoleões em ilhas remotas, reais ou metafóricas. Sentado na minha carrinha - uma Peugeot já entrada nos anos com duas cadeiras de criança no banco de trás e estofos sujos de pelo de cão- o ex-primeiro-ministro gesticula. Estamos em finais de Julho e faz calor. José Sócrates, sentado ao meu lado, está transtornado. “Não podem fazer isso!”, bate com as palmas das mãos no tablier do carro, as mangas do blazer sobem-lhe pelos antebraços com a violência dos gestos. “Isto é uma farsa, é indigno”, diz.

Durante o trajecto pelas avenidas de na zona do Parque das Nações, a antiga Expo 98, Sócrates tem dois ataques de fúria de média dimensão. O tema: ele, o seu processo, o que resta dele.

mais...


Operação Marquês: Sócrates permitiu beneficios comerciais ao grupo Lena, Santos Silva foi intermediário

O Ministério Público, que hoje acusou José Sócrates de corrupção, considera que o ex-primeiro-ministro, na qualidade de chefe do Governo e após cessar funções, permitiu a obtenção de benefícios comerciais ao Grupo Lena e que Carlos Santos Silva interveio como intermediário.

O MP, que deduziu acusação contra 28 arguidos da 'Operação Marquês', refere, no despacho, que Sócrates, “na qualidade de primeiro-ministro e também após a cessação dessas funções, permitiu a obtenção, por parte do Grupo Lena, de benefícios comerciais” e que Carlos Santos Silva “interveio como intermediário de José Sócrates em todos os contactos com o referido grupo”.

A troco desses benefícios, refere o MP, e em representação do Grupo Lena, o arguido Joaquim Barroca aceitou efetuar pagamentos, em primeiro lugar para a esfera de Carlos Santos Silva, mas que eram destinados a José Sócrates.

mais...


Editores portugueses confiantes na Feira do Livro de Frankfurt

A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) está confiante nos resultados da Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha, que abre quarta-feira, “apesar de o volume de negócios não ser o que era há dez anos”.

Em declarações à Lusa, Bruno Pacheco, da APEL, declarou que "Portugal tem este ano, uma participação, antes de mais muito bem localizada, na vizinhança do país-tema, que é a França”, o que poderá gerar impacto indireto, para além de “um pavilhão renovado e com uma participação de editores portugueses que tem vindo a crescer nos últimos dois anos”.

No pavilhão de Portugal, de 120 metros quadrados, estão representadas 44 chancelas portuguesas.

mais...

Publicidade
Publicidade

Português que ganhou eleições no Luxemburgo não quer ser burgomestre

Um emigrante de Vila Pouca de Aguiar ganhou as eleições municipais numa pequena localidade do Luxemburgo, um feito histórico para os portugueses no país, mas decidiu que não vai assumir o cargo por receio de não estar à altura.

José Vaz do Rio, que ganhou no domingo as eleições em Bettendorf, decidiu renunciar ao cargo, assumindo em vez disso o segundo lugar no executivo camarário, o de primeiro vereador.

A quarta classificada, a advogada Pascale Hansen, foi nomeada burgomestre, durante a primeira reunião da autarquia para formalizar as nomeações, foi hoje anunciado em comunicado.

 O português, que tem dupla nacionalidade, disse à Lusa que a decisão "é para o bem da autarquia" e invocou "várias razões".

mais...


Português vence eleições locais e pode ser primeiro burgomestre eleito do Luxemburgo

Um emigrante de Vila Pouca de Aguiar venceu hoje as eleições municipais em Bettendorf, uma pequena localidade no nordeste do Luxemburgo, e pode vir a ser o primeiro burgomestre português no país.

José Vaz do Rio já era conselheiro municipal em Bettendorf desde as últimas eleições, em 2011, ocasião em que ficou em quinto lugar.

Agora, venceu as eleições, com 588 votos - deixando em terceiro lugar o atual burgomestre, Albert Back, com 553 votos -, mas para já é cauteloso.

"Vamos ver. Ainda vamos ter uma reunião, tudo é possível", disse à Lusa, explicando que os nove eleitos deverão ainda realizar uma votação para formalizar as nomeações para os cargos no executivo camarário.

mais...


Incêndios: 35 casas com obra concluída

O Fundo Revita, criado para gerir os donativos para as vítimas dos incêndios na zona Centro, já recolheu mais de 3,7 milhões de euros de donativos e, das 205 habitações que precisavam de reconstrução, 35 estão concluídas.

Segundo o primeiro relatório trimestral disponível na página da internet do Fundo Revita, até 30 de setembro aderiram 35 entidades, com donativos em dinheiro, em bens e prestação de serviços, tendo doado um total em dinheiro que ascende a 3.787.590,31 euros.

Para garantir a eficiência na distribuição de donativos, foram criados protocolos com diversas entidades, como a Cáritas Diocesana de Coimbra e a União das Misericórdias Portuguesas, em conjunto com a Fundação Calouste Gulbenkian, que agregam outros donativos e são responsáveis pela sua gestão.

mais...



REPORTAGEM

Pedrógão Grande: António perdeu os filhos e recebeu primeiro cheque de emigrantes nos EUA

Foto: Lusa
Foto: Lusa

António Nunes, perdeu os dois filhos, a nora e um vizinho, no incêndio que começou em junho, em Pedrógão Grande, e foi o primeiro a receber um cheque do total de 180 mil euros, distribuídos hoje por emigrantes portugueses.

Um grupo de emigrantes portugueses nos Estados Unidos da América (EUA), liderado por Jack Costa, José Carlos Brito e Elsa da Silva, recolheu solidariamente 200 mil dólares (178 mil euros), no âmbito da campanha "Todos Juntos por Portugal" que começaram a distribuir este sábado pelas vítimas dos incêndios de junho.

A primeira paragem estava marcada para as 09:30, no quartel dos Bombeiros Voluntários de Castanheira de Pera.

mais...


Cientistas portugueses dão mais um passo no tratamento da doença de Parkinson

Tiago Outeiro, que liderou o grupo de investigadores do Centro de Estudos de Doenças Crónicas da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, estuda desde 2007 as moléculas relacionadas com a doença de Parkinson e foi avançando na sua identificação, e com este trabalho.

mais...

PP entrevista Tiago Outeiro

Professor e Director do Departamento de Neurodegeneração da Universidade de Göttingen

 

ler entrevista...



Ex-editora da Berlinda inicia Tertúlias em Lisboa

Inês Thomas Almeida é uma mulher que não pára e para onde vai faz a diferença. Todos nos lembramos da energia que pôs no seu projecto, no «seu cavalo de batalha», a Berlinda, o magazine cultural transversal à língua portuguesa que criou do nada. O Portugal Post acompanhou-a logo no início com uma entrevista muito intimista sobre a ex-cantora lírica e os seus projectos para Berlim. Nessa altura, estava na forja o festival da Berlinda, um evento das culturas lusófonas, que realizou em Berlim com muito sucesso e que teve lugar entre 17 de Outubro e 17 de Novembro de 2012.

Entretanto, mudou de país e de rumo. Foi há pouco mais de um ano que Inês Thomas Almeida trocou Berlim por Lisboa e entregou a Berlinda a Tiago Pais, proprietário do espaço Sete Mares. Após umas merecidas férias de praia, Inês voltou em forma à capital e iniciou a primeira de um ciclo de Tertúlias da Calçada da Tapada. 

Foto-Legenda. Da direita para a esquerda: José Riço Direitinho, Inês Thomas Almeida,Cristina Dangerfield-Vogt, Rabino de Belmonte, Elisha Salas, Joana Rabinovitch, entre outros 

Cortesia de Inês Thomas Almeida

mais... 


Ryanair anuncia mais cancelamentos de voos programados entre novembro e março

A transportadora aérea irlandesa Ryanair anunciou hoje novos cancelamentos de voos entre novembro deste ano e março de 2018 que podem atingir quase 400.000 clientes, para eliminar qualquer risco de futuros cancelamentos.

Num comunicado, a Ryanair propõe aos passageiros afetados pela nova calendarização a marcação de novos voos ou reembolsos.

A maior companhia da Europa em número de passageiros já foi forçada a anular de forma inesperada 2.100 voos entre meados de setembro e finais de outubro, atingindo 315.000 clientes.

Hoje, a Ryanair anunciou que vai deixar de operar 25 aviões de um total de 400 entre novembro de 2017 e março de 2018, e menos 10 aviões de um total de 445 aviões a partir de abril de 2018.

mais...



Tancos/armas: Presidente ficou preocupado com relatório, mas já não está

O Presidente da República confessou hoje ter ficado com “uma preocupação legítima” com o relatório noticiado no sábado atribuído aos serviços de informações militares, mas que, depois das explicações, “deixou de ter razão de ser”.

“Aquilo que era uma preocupação legítima do Comandante Supremo das Forças Armadas deixou de ter razão de ser” depois de ter recebido as explicações do Estado-Maior-General das Forças Armadas e dos serviços de informações, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas, no final da Festa do Livro, no Palácio de Belém, em Lisboa.

mais...


Refugiada encontra mala com 14 mil euros

 

A adolescente de 16 anos vive num abrigo em Berlim e encontrou a mala com dinheiro no metro.

 

 

Uma adolescente refugiada do Iraque, com 16 anos, entregou uma mala com 14 000 euros à polícia alemã. A rapariga encontrou a mala perdida, numa altura em que está a viver num abrigo para refugiados em Berlim. 

De acordo com a agência de notícias DPA, a jovem encontrou a mala no metro. 

Fonte policial disse que a proprietária da mala é uma mulher com 78 anos, que a esqueceu acidentalmente na carruagem. 

A lei alemã manda entregar até três por cento do valor dos itens valiosos que sejam devolvidos. 


Antologia de poesia lusa e alemã documenta história do século XX em rimas

Com a chancela da Tinta-da-China, esta antologia de 528 páginas, escritas em português e alemão, intitulada 'Às Vezes São Precisas Rimas Destas -- Poesia Política Portuguesa e de Expressão Alemã (1914-2014)', reúne mais de cem textos de quase cem poetas, traçando um panorama dos acontecimentos políticos desde a I Guerra Mundial até ao século XXI.

Luiza Neto Jorge, Sophia de Mello Breyner ANdresen, Ruy Belo, Fiama Hasse Pais Brandão, Natália Correia, José Gomes Ferreira, António José Forte, Ana Hatherly, Mário-Henrique Leiria, David Mourão-Ferreira, Almada Negreiros, Carlos de Oliveira, Alexandre O'Neill, Fernando Assis Pacheco, Fernando Pessoa, Jorge de Sena, Miguel Torga, Vasco Graça Moura, José Afonso, Manuel Alegre, Eugénio de Andrade e Mário Cesariny são apenas alguns dos autores portugueses incluídos no livro.

mais...


Comissão Europeia pede a Ryanair para respeitar direitos dos passageiros

A Comissão Europeia pediu à Ryanair para "respeitar plenamente" os direitos dos passageiros, após a companhia aérea irlandesa ter anunciado na sexta-feira o cancelamento de 2.000 voos até finais de Outubro.

"Graças à União Europeia, todos os passageiros cujos voos foram anulados têm um conjunto de direitos no direito europeu", declarou hoje Violetta Bulc, comissária com o pelouro dos Transportes.

"Isso inclui o direito ao reembolso, ao reencaminhamento ou a um voo de regresso, bem como o direito a assistência e em determinadas circunstâncias o direito a indemnização", referiu Bulc em comunicado.

mais...


Empresa que representa Tony Carreira considera acusação de plágio “sem fundamento”

A Regi-Concerto, que representa e agencia Tony Carreira, considera “sem fundamento e insuscetível de perturbar” o trabalho do cantor a queixa que originou a acusação do Ministério Público (MP) de que plagiou 11 músicas de autores estrangeiros.

“Questões passadas de direitos autorais foram resolvidas em devido tempo com quem de direito. O Tony Carreira considera a queixa sem fundamento e insuscetível de perturbar o seu trabalho em prol de um público que o segue há 30 anos. Inicia-se agora a fase do processo em que o Tony Carreira terá oportunidade de se defender, o que fará serenamente, certo da razão que lhe assiste”, reage a empresa, em comunicado divulgado hoje na sua página oficial da rede social Facebook.

mais...


Teresa Soares, Secretária-geral do Sindicato dos Professores nas Comunidades Lusíadas

Teresa Soares
Teresa Soares

 

"A propina só serviu para fazer desaparecer milhares de alunos"

 

O ensino do Português é uma das questões que mais preocupa a comunidade. Ainda há pouco tempo, em Março, realizou-se uma conferência com a presença dos mais altos responsáveis da diplomacia lusa na Alemanha e onde Teresa Soares, também presente, levantou questões que são tratadas nesta entrevista.  

mais...


Cristina Torrão
Cristina Torrão

Queremos mais crianças, ou não?

 

Todos conhecemos o problema do envelhecimento da população e estávamos convencidos de que seria irreversível. Maior foi o meu espanto ao constatar que a Alemanha enfrentará, em breve, uma falta de professores. Prevê-se um verdadeiro boom de alunos, nos próximos quinze anos: em 2025, haverá mais 4%, passando a 8% em 2030. Boa ou má notícia?

Em Portugal, toda a gente se queixa da falta de crianças e do fechamento de escolas, em dimensões que se podem considerar dramáticas em certas regiões do interior. Criam-se agrupamentos escolares cada vez maiores e descaracterizados e protestam os pais, cujos filhos têm de mudar para uma instituição de ensino longe de casa. Além disso, clama-se que haverá cada vez mais reformados, enquanto diminui o número de pessoas no ativo, o drama de uma Europa envelhecida, onde mal nascem crianças e as despesas com os cuidados aos mais velhos explodem.

mais...


Jovens portugueses nos EUA em risco com fim de programa que protege quem imigrou em criança

Foto: Reuters
Foto: Reuters

Um número indeterminado de jovens portugueses, que pode chegar às várias centenas, está em risco de deportação depois de Donald Trump ter decidido terminar com um programa que protege pessoas levadas para os EUA de forma ilegal em crianças.

Os EUA não divulgam o número de beneficiários por país do ‘Deferred Action for Childhood Arrivals' (DACA), mas organizações que prestam apoio a imigrantes portugueses em Rhode Island, Massachusetts, Nova Iorque, Nova Jérsia e Califórnia garantiram à Lusa que foi um programa muito popular nas suas comunidades.

mais...