Crónica ::: Miguel Szymanski

Cuidado com as ratazanas

Miguel Szymanski
Miguel Szymanski

 Dizem que há muitos anos as ratazanas eram magras e tinham fome. Mas já ninguém se lembra desses tempos. Ou éramos nós que éramos grandes e fortes ou ainda sonhávamos que o pudéssemos vir a ser? As ratazanas nunca perguntaram se isto ou aquilo era de alguém, de ninguém ou de todos. Foram devorando tudo o que lhes aparecia pela frente. Com o passar do tempo, engordaram. As mães ratazanas estão sempre prenhes.

 Na cidade, à superfície, os edifícios mais ricos são fachadas ligadas por passagens debaixo da terra. É por aí que andam as ratazanas. Mas as ratazanas já há muito que não correm só pelos túneis sob as cidades.

 Agora as ratazanas são prósperas. Vivem em sítios murados e em terrenos com cancelas, de preferência com fontes, piscinas e spas, uma coisa que lhes ficou do tempo dos esgotos. As ratazanas são predadores. Gostam de ter estátuas de humanos, das suas presas, a enfeitar os jardins e salões. As suas vítimas deixam-se enganar pelas cores e formas e o brilho, vêem palácios cor-de-rosa, palacetes brancos com colunatas, portões imponentes, jardins e relvados. Sonham sair dos seus casebres sem luz onde vivem como ratos. As vítimas não vêem a rede de canalização que liga todos os edifícios da cidade das ratazanas, os tesouros que acumulam nas cloacas, latrinas e sentinas. As fachadas têm rampas com entradas blindadas, para as ratazanas poderem entrar e sair, em coches e carros de vidros escurecidos, sem serem vistas quando se querem misturar entre as pessoas para escolher as suas vítimas e servos.

mais

 


A luta e o descanso dos heróis.

Fotos: Lusa


Autor de explosão na Alemanha era refugiado sírio com problemas psiquiátricos

DPA
DPA

O alegado autor de uma explosão no domingo na Alemanha era um refugiado sírio que já tinha passado por um hospital psiquiátrico, afirmou hoje o ministro do Interior da Baviera, que não excluiu a possibilidade de atentado islamita.

"Trata-se, infelizmente, de um novo atentado" e "não está excluída" a motivação islamita, afirmou Joachim Herrmann, numa conferência de imprensa.

O ministro revelou que o suspeito, de 27 anos, que morreu na explosão, já havia tentado suicidar-se por duas vezes e era um sírio que viu negado o seu pedido de asilo no ano passado.

A explosão ocorreu na cidade de Ansbach, na Baviera, no domingo à noite, em frente de um restaurante e perto do local onde iria realizar-se um festival de música, onde estavam concentradas cerca de 2.500 pessoas.

Segundo a polícia, a explosão deixou outras 12 pessoas feridas, três delas com gravidade.



Porta-voz da polícia de Munique, Marcus da Gloria Martins, é de origem portuguesa

O porta-voz da polícia de Munique que foi o responsável por toda a comunicação oficial para a imprensa mundial através de curtas conferências de imprensa hora a hora e considerado pela opinião pública e comunicação social alemã como tendo feito um excelente e rigoroso trabalho,  tem origens portuguesas.  Marcus da Glória Martins tem 43 anos e é pai de duas crianças,tendo crescido na Renânia do Norte Vestfália . Nos comentários nas redes sociais há quem o queira ver a ocupar cargos políticos.

mais


Munique

Emigrante portuguesa escapou do ataque no centro comercial


Eliana de Matos Weyer, uma portuguesa a viver em Munique há quase 17 anos, esteve para ir hoje ao centro comercial onde decorreu o tiroteio que matou nove pessoas na sexta-feira, mas decidiu regressar a casa diretamente.

"Estava cansada. Depois de seis horas de serviço, não estava lá muito bem para ir para ao centro comercial porque é grande. Acabei por então combinar com o marido para ir amanhã. Fiquei arrepiada quando ouvi na radio o que se tinha passado", disse à agência Lusa.

A polícia de Munique confirmou a morte de pelo menos nove pessoas num tiroteio esta sexta-feira à tarde no centro comercial Olympia no centro de Munique, acrescentando que existe um suicida entre os mortos, presumivelmente um dos atiradores no ataque.

Eliana de Matos Weyer, natural da Lourinhã, afirmou ter falado com outros portugueses a viver em Munique para garantir que estavam em segurança.

mais...


Directório Empresarial Luso-Alemão.      Já disponível!
Directório Empresarial Luso-Alemão. Já disponível!

António Guterres sem oposição no Conselho de Segurança

António Guterres não teve nenhum voto contra a sua candidatura na primeira votação no Conselho de Segurança para secretário-geral da ONU, confirmou hoje uma fonte diplomática à Lusa.

O português recebeu 12 votos de encorajamento, seguido do esloveno Danilo Turk, que recebeu 11. Mas enquanto Turk teve dois votos "desencoraja", António Guterres não teve nenhum.

Este facto pode ser decisivo na eleição, uma vez que o novo secretário-geral precisa da aprovação de todos os cinco membros permanentes (Estados Unidos da América, Reino Unido, Rússia, França e China), que têm poder de veto.

Durante a votação, cada um dos 15 membros do conselho indicou se "encoraja", "desencoraja" ou "não tem opinião" sobre os candidatos.

mais...


Homem de 20 anos, de origem portuguesa, esfaqueado em parque londrino

A polícia britânica deteve dois suspeitos no homicídio de um homem de origem portuguesa com 20 anos, que foi esfaqueado num parque londrino na quinta-feira à tarde.

De acordo com o jornal Evening Standard, a vítima era de origem portuguesa.

A polícia foi chamada ao parque de Stratford, na zona leste de Londres, cerca das 15:15, tendo detido dois jovens, de 17 e 18 anos, em relação com o incidente.

A cadeia britânica BBC indicou que o homem morreu no local, apesar da intervenção dos serviços de emergência médica.

"Este violento incidente ocorreu durante o dia, numa altura de muito movimento, por isso, peço a quem se encontrava na área e que possa ter testemunhado o incidente ou ouvido alguma coisa suspeita, que entre em contacto com a polícia", disse o inspetor da polícia Gary Holmes.

As autoridades não divulgaram o nome da vítima.

mais...


Polícia alemã mata agressor que atacou passageiros num comboio na Alemanha

A polícia alemã matou ontem  à noite um rapaz afegão de 17 anos que agrediu com um machado e uma faca passageiros num comboio regional nas proximidades de Würzburg.

O rapaz entrou no comboio regional, que faz o trajeto entre Treuchtlingen e Würzburg, por volta das 21h00.

"Pouco antes de chegar a Würzburg, um homem atacou os passageiros com um machado e uma faca", disse um porta-voz da polícia.

Um porta-voz da polícia informou que três pessoas estavam em estado grave. Mais tarde, as autoridades elevaram o número de feridos para cinco, sendo que quatro apresentavam ferimentos muito graves. Outros 14 passageiros receberam tratamento psicológico.

mais...


Comunidade portuguesa na Alemanha festeja o melhor dia de Portugal. Somos campeões europeus!

Fotos: Fernando Soares/PP


UM DIA INESQUECÍVEL!


Cedric, o luso-alemão de Singen

O lateral direito Cédric Soares tem a dupla nacionalidade – portuguesa e alemã. Nasceu em 1991, em Singen, Alemanha, paredes meias com a Suíça, uma cidade onde ainda hoje se regista uma forte comunidade lusa. Aos dois anos de idade, os pais mandaram-no para Portugal onde frequentou a escola luso-alemã. Hoje joga em Inglaterra, no Southampton.

Pode ser o primeiro luso-alemão a ser campeão europeu de futebol pela selecção portuguesa


Imprensa francesa e alemã diz que Portugal pode atingir sonho de 2004

A imprensa francesa e alemã destacam hoje a vitória de Portugal frente à seleção do País de Gales, mas as principais manchetes são dedicadas ao jogo entre a Alemanha e a França, que vai determinar o adversário dos portugueses.

mais...


Rita Redshoes grava o seu quarto álbum em Berlim

À conversa com Rita Redshoes

Rita Redshoes em Berlim à beira do Spree © Tiago Palma
Rita Redshoes em Berlim à beira do Spree © Tiago Palma

A cantora e compositora portuguesa Rita Redshoes está em Berlim a gravar o seu quarto álbum a solo nos estúdios da Riverside, com o produtor Victor Van Vugt, conhecido por ter trabalhado com Nick Cave, PJ Harvey, The Pogues, Sonic Youth e muitos outros grandes nomes da música. O Portugal Post teve o privilégio de encontrar o mítico produtor australiano e conversar com Rita Redshoes nos estúdios de gravação em Kreuzberg.

mais...



Que votaram os cidadãos do Reino Unido, ao votar pelo “brexit”, pela saída da União Europeia?

Cinco dias depois, a resposta parece cada vez mais difícil. As reacções da hora actual levam a crer que o referendo foi um grande mal-entendido. Os britânicos queriam votar contra a política de imigração e de abertura aos estrangeiros  e não contra a sua pertença à grande comunidade europeia. Queriam a Comunidade Económica, com todas as suas conquistas e vantagens, sem alfândegas nem restrições à livre circulação de bens e serviços,  mas não queriam a comunidade da livre circulação de pessoas, na sua diversidade e complexidade. Queriam a Europa do bem estar, e não a Europa da responsabilidade. 
Fazem bem os políticos europeus, nomeadamente a Alemanha, ao reafirmar que não se pode querer uma coisa sem a outra.

mais...


O vídeo que Fernando Santos usa para motivar os jogadores


Euro2016: Empate entre a alegria da qualificação e a desilusão por novo nulo

No 'relvado' da Alameda D. Afonso Henriques, em Lisboa, por três vezes os adeptos levaram as mãos à cabeça com os golos da Hungria e por três vezes 'explodiram' de alegria com os golos portugueses no Euro2016 de futebol.

No final do jogo, sobrou a igualdade a 3-3 e o 'empate' de sentimentos, alegria por Portugal seguir em frente, mas ainda sem vencer nesta fase final da prova.

Sob mais de 30 graus, centenas de pessoas juntaram-se esta tarde na Alameda D. Afonso Henriques para assistir num ecrã gigante ao último jogo de Portugal na fase de grupos do Euro2016 e, minutos antes do início do encontro, entoaram, em uníssono, o Hino de Portugal. O jogo arrancou morno, mas, ao fim de 19 minutos, o golo da Hungria 'gelou' os adeptos de Portugal, que pela primeira vez levaram as mãos à cabeça, de desespero e desilusão.

mais...


Ana Moura em Hamburgo. Foto reportagem de Fernando Soares/PP


Impressões

© Copyright  PP
Todos os direitos reservados.