Buscar

Queijo fresco á moda do Compadre Toni


Compadre Toni


Fazer queijo fresco até é facil, quando sai bem se experimentar e não sair bem, não desista logo á primeira.

Para fazer queijo fresco é necessario coalho, ( eu compro o coalho em pó, na farmacia em Portugal, aqui na Alemanha tambem há, em liquido, em forma de pastilha ou em pó, na Ebay encontra e chama-se Lab) além disso precisa de um termómetro, um pano branco fino e as formas do queijo. Eu o pano fiz uma especie de saco de pano de cortina, daquele muito fino. Para experimentar não necessita de comprar logo as formas, depois da massa separada do soro coloque por exemplo num passador de rede fina, depois da massa estar bem escorrida e consistente, vira o passador em cima de um prato e desenforma.


Vamos lá iniciar a fazer o queijo, de preferência compre leite fresco no lavrador, se não encontrar experimente com o chamado leite do dia, embora este tenha sido aquecido a 127 graus e pode ter perdido algumas das suas propriedades, eu já fiz e não notei grande diferença, a partir de 135 graus é considerado pasteurizado, com esse nunca experimentei.


A primeira vez e no caso de não sair bem e para a despesa não ser elevada, compre uns 4 litros de leite, coloque num tacho e por cada litro de leite adicione uma colher de chá de sal grosso ou a seu gosto. Enquanto aqueçe o leite entre 39 a 40 graus vá sempre mexendo, quando atingir a temperatura retire do lume se for fogão a eletricidade. Coloque o coalho e mexa muito bem, deixe repousar o leite em sitio quente, se aqueceu em fogão eletrico, coloque novamente em cima desse bico do fogão caso contrario, tape o tacho com um pequeno cobertor. A quantidade de coalho é sempre dificil eu coloco uma colher pequenina de chá em 5 litros de leite.


Passado umas quatro horas, retire do lugar quente e deixe repousar em lugar frio, eu costumo fazer os preparos da parte da tarde, para que o leite fique a repousar durante a noite.


Com um pano côe a água (soro) da massa do queijo para um recipiente e guarde o soro.


Se a massa ficou consistente, está de parabéns, agora é colocar em formas de queijo, apertar um pouco e colocar em cima de uma rede ou algo identico para que o resto do soro possa sair da massa. Deixe repousar no frigorifico, passados umas horas, ou no outro dia de manhã tem queijo fresco para comer ao pequeno almoço.

Se quiser e gostar pode adicionar á massa coentros picados ou cebolinho picado, eu há dias experimentei com coentrose ficou um espetáculo, experimente com as ervas que gostar, oregão fresco, alecrim, salsa etç. Tem é que ser muito bem picado e folhas tenras e frescas.


No caso da massa não ter ficado consistente, não se desiluda descobri um truque que evita jogar a massa fora. Tenho uma amiga turca e ela quando faz queijo, depois do leite coalhar, ela ferve tudo novamente, quando levanta fervura deixa ferver por uns três ou ou quatro minutos mexendo sempre devagar. Um dia a massa não ficou consistente e eu levei tudo novamente ao lume e saiu bem. Por isso se a massa não lhe ficou consistente junte ao soro que tinha guarado e leve a ferver. Aqui já não é necessario passar a massa por o pano, retirar do tacho com o passador é suficiente e colocar nas formas, a unica dierença que notei é ao mastigar, a massa é muito mais consistente.


Há dias contei isto á minha mãe e ela disse-me que o requeijão é feito dessa maneira no Alentejo, assím fiquei a saber que o requeijão que se compra em Portugal são os restos da massa do queijo fervido.

Bom apetite

Compadre Toni


5 visualizações