Quase 23 mil estrangeiros no distrito do Porto, maioria de Brasil e Ucrânia

A população estrangeira residente do distrito do Porto quase que chega às 23 mil pessoas e a maioria é constituída por cidadãos brasileiros (7.738), ucranianos (2.317) e chineses (2.149), segundo os dados mais recentes do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Os últimos dados disponíveis na página da Internet do SEF sobre a população estrangeira residente do distrito do Porto são de 2015 e indicam que havia nesse ano no distrito 22.972 mil estrangeiros (12.505 mulheres e 10.467 homens), e, desse total, 774 cidadãos tinham vistos de longa duração.

A maioria era de nacionalidade brasileira (7.738), seguida pela ucraniana (2.317), chinesa (2.149), espanhola (1.069), cabo-verdiana (945), angolana (907), italiana (586), francesa (539), romena (531) e alemã (479).

Além de muitas outras comunidades estrangeiras com números menos expressivos, como a russa (387), em 2015 havia registos estarem fixados no distrito do Porto cidadãos de países tão distintos como Andorra, Antígua e Barbuda, Arábia Saudita, Burkina Faso, Chipre, Comores, Eritreia, Gabão, Guiana, Lesoto, Mali, Mauritânia, Mongólia, Montenegro, Namíbia, Nicarágua, Oman, República Centro-Africana, Suazilândia, Togo, Tonga, Trindade e Tobago.

Lusa