Dia de Portugal na área consular de Düsseldorf Iniciativas para todos os gostos

O Dia de Portugal será celebrado pela comunidade uma pouco por toda a Renânia do Norte e Vestfália. O Consulado-Geral de Portugal em Düsseldorf criou um cartaz onde reúne os acontecimentos à volta do 10 de Junho.

Pedimos ao Cônsul-Geral, José Mendes, para nos explicar o envolvimento do consulado e o que pretende o consulado ao congregar no cartaz as diversas iniciativas que não são da sua responsabilidade.

Em termos concretos, o que se vai passar no âmbito das celebrações do Dia de Portugal?

Com vista a dar visibilidade e projecção às comemorações que várias entidades, tanto públicas como privadas, entre as quais bastantes delas oriundas do movimento associativo, levarão a cabo em toda a NRW, no âmbito das comemorações do Dia de Portugal, pensei em apresentá-las como um projeto comum (as que se quiseram juntar a esta iniciativa, claro), através de um calendário e de várias brochuras alusivas, elaboradas e distribuídas pelo Consulado-Geral. E que melhor nome para dar a esse projecto do que "Mês de Portugal na Renânia do Norte/Vestefália"? E, assim, a sua realização terá divulgação na NRW, não só junto dos próprios organizadores e das associações portuguesas da zona, mas também da generalidade das missões católicas existentes, das câmaras de comércio, das autoridades alemãs, de várias entidades económicas e empresariais, câmaras municipais, corpo consular estrangeiro aqui acreditado, etc... Como? Principalmente através da difusão, que o Consulado-Geral assegura, desses cartazes e brochuras (por exemplo, junto com os convites que estou a enviar para uma recepção que também vou dar) e, também, através de outros meios, como as redes sociais. 

 

Este será um período de alguma actividade da comunidade no âmbito do Dia de Portugal. No poster que o consulado tornou público é possível constar isso mesmo. Que apoio é que o consulado está a dar a essas iniciativas?

Como referi na pergunta anterior, através da elaboração do poster/calendário e das brochuras, bem como da sua enorme e alargada divulgação. Ou seja, o nosso grande apoio está na visibilidade que será dada à Comunidade Portuguesa na NRW e às suas iniciativas comemorativas! Mas também existiu ainda um trabalho anterior, que passou pelos esforços do Consulado-Geral no sentido de estimular inúmeras entidades a participar neste "Mês de Portugal na Renânia do Norte/Vestefália", para o que se promoveu duas reuniões de articulação e sensibilização nas nossas instalações em Dusseldorf. Em suma, tentei agitar um pouco várias entidades, tentando levá-las a comemorar o Dia de Portugal, sem sobreposições ou rivalidades sem sentido - e agora estamos todos expectantes quanto aos respectivos resultados. Incluindo, estou convencido, os patrocinadores dos vários eventos que surgem no poster que referiu, entre os quais o Portugal Post...

 

Não existiu a tentativa de reunir forças e sinergias para uma só celebração à semelhança do que acontecia no passado?

Deixe-me responder aberta e rapidamente: não, nunca existiu. De facto, estamos a tentar um novo formato e vamos ver depois se resultou ou não. Um formato novo que permita a cada entidade que tenha aderido a este projeto organizar as suas próprias comemorações, afirmando-se no seio da Comunidade, com uma divulgação ao nível do Estado da NRW de uma forma como nunca se fez! E que talvez chame a atenção da própria Comunidade para as várias actividades que é possível realizar e que poderão ser o ponto de partida para repensar as tais novas formas de afirmação cívica (e mesmo política) que eu tenho publicamente defendido (nomeadamente através de uma recente entrevista ao Portugal Post, como estará recordado). Não devemos ter medo de afirmar a nossa portugalidade em toda a NRW, é o que estou sempre a tentar provar e também o pretendo fazer com este projecto! E mostrar que, em vez de aparecermos todos diluídos numa única celebração, que terá sempre o efeito de um fósforo a arder, é possível "agitar as águas" e aparecermos juntos, durante um mês inteiro, no entanto mantendo a diversidade e a autonomia de cada um.

 

Quais são as dificuldades para unir toda a comunidade da área numa só celebração?

Percebo a sua pergunta mas, sinceramente, não sei, porque nunca foi essa a minha intenção. No entanto, posso responder-lhe indirectamente: caso este "Mês de Portugal na NRW" seja coroado de sucesso, espero que as associações e outras entidades, públicas ou privadas, da nossa comunidade,  que este ano ou não quiseram promover as suas próprias celebrações do Dia de Portugal ou não se quiseram associar a este projeto comum, que possam estar dentro dele no próximo ano, caso esta iniciativa se venha a repetir, como eu espero.

Redacção PP