Resultados para o CCP na Alemanha: ganhou a abstenção

Publicados os resultados oficiais das eleições para o Conselho das Comunidades Portuguesas (CCP), realizadas no passado dia 6 de Setembro, verifica-se que os intervenientes nestas eleições  apenas conseguiram mobilizar menos de 1% dos eleitores inscritos nos cadernos eleitorais.

Segundo a embaixada, de 20.929 eleitores inscritos, apenas 245 votantes acorreram às urnas para eleger os quatro conselheiros que a Alemanha tem direito para o órgão consultivo do Governo das comunidades.

Até agora, as listas intervenientes ainda não tomaram posição oficial sobre a diminuta participação da comunidade nestas eleições, estando fundamentalmente preocupadas com a questão do desempate entre duas listas no chamado círculo do Norte, que  impede que tenham sido atribuídos os dois lugares de conselheiros por aquele círculo.

Para já estão assegurados os dois conselheiros pelo círculo da área de Estugarda. José António Loureiro e Nelson Campos, ambos da Lista “B”, foram eleitos com 53 votos. Os candidatos pelo círculo do Norte terão de ter paciência e esperar pela decisão de José Cesário que vai ter de encontrar uma solução para o empate verificado entre duas listas.

Mais do que quem é ou não eleito, importa chamar a atenção para a fraca adesão dos portugueses neste processo de eleição dos conselheiros. 

De salientar que as listas, que tiveram de apresentar 75 preponentes para poderem concorrer a estas eleições não conseguiram mobilizar sequer os 75 subscritores das listas.

Continuar a ler na próxima edição em papel do PP