Número de inscritos nas eleições para o CCP: As contas da embaixada não batem certo 

 

Os números de recenseamento dos eleitores para o Conselho das Comunidades Portugueses fornecidos pela embaixada não batem certo.

O edital datado de 10 de Setembro, rubricado pelo embaixador, em que se anuncia os „resultados do apuramento geral“ das eleições para aquele órgão de aconselhamento do Governo, cujas eleições se realizaram a 6 de Setembro, informa que estavam inscritos 20.929 eleitores e que o número de votantes tinha sido 245.

Solicitados pelo PP, os números relativos aos eleitores inscritos nos consulados deparamos com uma diferença de 4266 inscritos. Daí uma pergunta: que aconteceu aos 4266 eleitores? Que contas fez a embaixada para chegar a este resultado.

A informação fornecida pela embaixada ao PORTUGAL POST respeitante ao número por cada área consular é a seguinte:

Berlim 382 eleitores inscritos

Düsseldorf 3022 eleitores inscritos

Düsseldorf / Osnabrück 1530 eleitores inscritos

Estugarda 2505 eleitores inscritos

Munique 184  eleitores inscritos

Estugarda / FFM 1577 eleitores inscritos

Hamburgo 5945 eleitores inscritos

Hamburgo / Osnabrück 1389 eleitores inscritos

Na soma dos eleitores inscritos inclui-se 129 cidadãos de Varsóvia que fazem parte da mesa de apuramento de Berlim.

Fazendo as contas, temos assim: 16.663 é o número de eleitores inscritos na áreas consulares fornecido ao PP pela embaixada o que, está bem de ver, não corresponde ao número de 20.929 do edital da embaixada divulgado a 10 de Setembro.

Convidada a pronunciar-se sobre esta discrepância, fonte embaixada deu razão ao PP e disse tratar-se de uma gralha „que será rectificada amanhã, quarta-feira, dia 16, com a publicação de novo edital“. A explicação encontrada para a gralha foi. „a embaixada ter somado duas vezes o número de uma área consular”, referiu a mesma fonte.

Quanto à questão de como será solucionado o empate entre duas listas do círculo do Norte e a atribuição dos conselheiros por aquele círculo, a embaixada repetiu sempre o que nos tem dito: „O assunto foi reencaminhado para Lisboa“.

PP