Portugal mantém terceiro lugar no "ranking" da FIFA e Brasil sobe a quarto

A seleção portuguesa de futebol mantém o terceiro lugar do “ranking” da FIFA, que continua a ser liderado pela Espanha, campeã mundial e bicampeã europeia.

A pouco mais de um mês do início do Mundial2014, que se disputa no Brasil entre 12 de junho e 13 de julho, a seleção das “quinas” continua no melhor lugar de sempre, que antes tinha ocupado entre abril e maio de 2010 e em outubro de 2012.

No restante grupo de elite das 10 melhores seleções, o Brasil, anfitrião do Mundial2014, foi protagonista da maior subida, escalando duas posições, o que lhe permite surgir no quarto lugar da lista divulgada hoje.

A promoção do Brasil originou mais mexidas no “top 10” mundial, com as quedas de uma posição de Colômbia (quinta), Uruguai (sexto) e Argentina (sétima).

No grupo dos 10 melhores continuam Suíça (oitava), Itália (nona) e Grécia (décima), seleção orientada pelo português Fernando Santos e também presente no Mundial2014.

Entre os adversários de Portugal no Grupo G do Mundial2014, todos mantiveram o lugar do mês passado: a Alemanha é segunda classificada, os Estados Unidos seguem no 14.º posto e o Gana continua em 38.º.

O Irão, treinado pelo português Carlos Queiroz e igualmente qualificado para o Mundial2014, continua a ser a melhor seleção asiática, mantendo este mês o 37.º lugar.

A Etiópia, que vai ser comandada por Mariano Barreto, segue no 101.º posto da hierarquia.

A próxima atualização do “ranking” está agendada para 06 de junho, a quatro dias do arranque do Mundial2014.

 

“Ranking” da FIFA:

1. (1) Espanha, 1.460 pontos.

2. (2) Alemanha, 1.340.

3. (3) Portugal, 1.245.

4. (7) Brasil, 1.210.

5. (4) Colômbia, 1.186.

6. (5) Uruguai, 1.181.

7. (6) Argentina, 1.178.

8. (8) Suíça, 1.161.

9. (9) Itália, 1.115.

10. (10) Grécia, 1.082.

...

37. (37) Irão, 715.

...

42. (42) Cabo Verde, 665.

94. (94) Angola, 347.

114. (114) Moçambique, 251.

167. (166) São Tomé e Príncipe, 86.

184. (184) Guiné-Bissau, 43.

191. (191) Timor-Leste, 26.