Português cria império de reparação de sapatos em Nova Iorque

Carlos Mesquita transformou uma banca de engraxador num império de reparação de sapatos em Nova Iorque, nos Estados Unidos, onde é o homem de eleição para casas como a Chanel e estrelas como Jennifer Lopez.

Carlos Mesquita, de 63 anos, começou o negócio em Portugal com uma banca de engraxador na barbearia do pai, mas é hoje o dono das lojas Leather Spa, onde os nova-iorquinos reparam e personalizam os seus sapatos e outros acessórios em pele.

A revista Time Out escreveu que o português “é o Dr. de sapatos escolhido e celebrado pelos ricos e exigentes” da cidade norte-americana.

Carlos Mesquita foi emigrante em França até perceber numa viagem a Nova Iorque que existia uma oportunidade de negócio no país e mudou-se com a família para os Estados Unidos.

“[Quando cheguei] percebi rapidamente que não tinha nada para aprender. Tudo o que faziam era 80% abaixo do que fazíamos em França. Pensei logo: "Tenho é de vir para cá ensinar"", diz à agência Lusa.

Carlos alugou uma loja numa das zonas mais caras de Nova Iorque, na Rua 55, entre a quinta e a sexta avenida, mas o negócio não foi um sucesso imediato.

"Os americanos não tinham o hábito de arranjar sapatos. Quando os estragavam, deitavam fora”, lembra.

O empresário percebeu que os americanos que compravam sapatos baratos continuariam a fazê-lo – os seus clientes era quem investia em calcado de luxo.

Ainda assim, admite, estabelecer o negócio “foi uma luta”.

“Dediquei muito tempo a este negócio. Não se cria um negócio, para o qual quase não havia clientes, de um dia para o outro", explica.

O empresário dá hoje emprego a 73 pessoas e tem três lojas: uma na Rua 55, um na Grande Central Station e uma terceira no hotel de luxo Plaza, junto ao Central Park.

Em média, as lojas recolhem 450 pares de sapatos e outros acessórios em pele por dia. Todo o trabalho é feito pelos 55 funcionários que trabalham numa fábrica em Queens.

Mesquita tem uma gama de produtos Leather Spa – com atacadores, ceras, palmilhas e cremes – e propostas para criar um franchise, que chegam de outras cidades norte-americanas, do Qatar, do Dubai e da Argentina.

Nos últimos anos, chegou também o reconhecimento e, com ele, o trabalho com Jennifer Lopez e outras estrelas, para quem personaliza os seus sapatos para concertos, videoclips e filmes.

Quando os clientes de lojas de luxo como Manolo Blahnik ou Christian Louboutin querem reparar ou personalizar os seus sapatos, também é na Leather Spa que confiam.

Carlos explica que passou a vida "a pensar em prazos de cinco anos", mas agora pensa apenas em prazos de 12 meses.

"O meu objetivo para o próximo ano é ganhar o mesmo dinheiro que no ano passado, mas trabalhar menos", diz.

 

AYS // VM

Lusa/Fim