Embaixadores e Governo reúnem-se para debater política externa portuguesa

Membros do Governo e os embaixadores portugueses reúnem-se na próxima semana em Lisboa para debater a política externa, no seminário diplomático, com a participação do diretor-geral da Organização Mundial do Comércio, disse fonte do ministério dos Negócios Estrangeiros.

O encontro, com o lema "Projetar Portugal", decorrerá na segunda e na terça-feira, na Sala do Senado, na Assembleia da República.

O seminário diplomático "é uma iniciativa anual do ministério dos Negócios Estrangeiros em que os embaixadores de Portugal têm a oportunidade de se reunir com membros do Governo e representantes da administração pública, das universidades, da comunidade empresarial e demais setores estratégicos para debater os principais temas de interesse para a política externa portuguesa", disse à Lusa fonte oficial do ministério liderado por Rui Machete.

A reunião vai dar "especial relevo às políticas de comércio internacional, à internacionalização da economia portuguesa e à afirmação de Portugal no mundo", segundo a mesma fonte do MNE.

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, é o convidado desta edição e falará sobre "multilateralismo comercial no século XXI", na sessão de abertura, intervindo após o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete.

Após esta sessão, os trabalhos prosseguem, mas à porta fechada, com a participação de membros do Governo, incluindo a ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, a ministra da Agricultura, Assunção Cristas, o ministro da Economia, Pires de Lima, e vários secretários de Estado.

Do ministério dos Negócios Estrangeiros, Bruno Maçães, responsável pelos Assuntos Europeus, falará sobre a política comercial da União Europeia, sendo outro tema a parceria transatlântica de comércio e investimento, com a participação do eurodeputado, eleito nas listas do PS, Vital Moreira.

Já no segundo dia de trabalhos, o secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Luís Campos Ferreira, irá refletir sobre os "novos desafios da cooperação internacional", enquanto José Cesário (Comunidades Portuguesas) intervirá sobre "a política para as comunidades portuguesas: acompanhamento dos atuais fluxos migratórios".

Há também sessões sobre turismo, mar, ciência e tecnologia.

Também na terça-feira, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, oferece um almoço a todos os embaixadores, chefes de missão, cônsules-gerais e diretores-gerais.

A intervenção de encerramento, no mesmo dia, é feita pelo vice-primeiro-ministro, Paulo Portas (anterior ministro dos Negócios Estrangeiros). O presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), Pedro Reis, também participa no fim dos trabalhos, que serão concluídos pela secretária-geral do MNE, embaixadora Ana Martinho.

Após os trabalhos, serão apresentados votos de bom ano novo ao Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva.

No ano passado, o seminário diplomático teve o mesmo tema -"Projetar Portugal" - e o convidado foi o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso.

Lusa